Como Organizar e Cuidar das Nossas Bolsas

Tem coisa melhor que chegar em casa com uma bolsa nova?

Mas daí vem o grande dilema: Como vou guarda-la? Como fazer para deixa-la bem organizada?

Alguns cuidados são indispensáveis e com algumas dicas será muito fácil proteger, organizar e ainda de quebra, fazer que sobre espaço no armário para a próxima bolsa 🙂

Coloque-as na prateleira do armário ou closet seguindo um critério, tamanho, cor, estilo.

A que você usa diariamente deixe acessível.

As bolsas usadas esporadicamente como as de festas, guarde-as em prateleiras mais altas protegidas e separadas.

Para que a bolsa mantenha a sua forma, é aconselhável mantê-la com um enchimento. Um travesseirinho de bebê ou plásticos é uma boa opção. Não encha com papel porque as traças podem aparecer com o tempo.

É muito importante proteger as bolsas. Nem pense em colocar em sacos plásticos, pois ele não permite que ela respire e incentiva a formação de mofo e manchas. Proteja com sacos em TNT com visor em plástico, algodão ou até mesmo dentro de uma fronha. Assim ela ventilará e não ficará arranhada ao encostar-se a outras bolsas que podem ter pedrarias ou tachinhas.

Roupa escura com bolsa clara é bom evitar. O atrito da bolsa na roupa faz com que a cor escura manche a bolsa com o tempo.

Se você tiver muitas bolsas e pouco espaço, o cabideiro é um ótimo aliado.

E de vez em quando descarte aquelas que você não quer ou não usa mais. Veja o lado positivo do desapego, pois nesse caso, sobrará mais espaço e você poderá colocar outra nova no lugar 😉

Anúncios

Conheça o comitê de Ética 2017-2018

O comitê de Ética é essencial para apoiar a conduta dos profissionais de organização. Elas estāo estruturando ações e o primeiro passo nessa direção é se aproximar de você, associado.

Conheça a equipe voluntária:

 

“Sou Fernanda Graeff, gaúcha, educadora de formação e  organizadora profissional desde 2011. Abandonei as salas de aula em busca de uma realização profissional maior, que encontrei através desta atividade.

Atualmente me considero uma educadora da organização. Estou a frente de duas empresas relacionadas exclusivamente à organização profissional: a Armonizzare Ambiente Organizados, que iniciei sozinha em 2011 e hoje tem como sócia Betina Kuntzler, e a AFDuo Capacitação em Organização onde sou sócia de Ana Ziccardi e juntas capacitamos novas organizadoras desde 2013.

Procurei sempre ver além dos horizontes da minha região e me mantive sempre conectada com tudo que acontecia no mercado de organização em todo Brasil. Por isso estou na ANPOP mesmo antes de ela existir de fato no papel.

Tenho orgulho de ser sócia pioneira da ANPOP, e considero um grande momento de nossa atividade a criação desta associação. Desde o princípio das atividades do Comitê de Ética (2015), estou presente e atuante, nestes anos desenvolvi junto à ANPOP, material relacionado a proteção de marca e direito autoral e junto ao comitê de comunicação desenvolvemos o manual de uso da MARCA ANPOP, ambos estão disponíveis na sua área do associado para sua leitura e uso.

Mas meus anos de dedicação solitária a ANPOP terminaram! Este ano recebi com alegria duas novas colaboradoras que irei apresentar a vocês.” 

 

 

“Me chamo Alice Santos, sou baiana e moro no Rio de Janeiro desde 2009. Sou casada e tenho uma filha de 5 anos. Sou formada em Ciência da Computação e trabalho como Gerente de projetos de tecnologia em uma multinacional. Em 2015 percebi que faltava algo e em uma jornada de autoconhecimento percebi que a organização era o caminho. Foi abraçando a organização de maneira criativa que criei a Avesso do Caos como um projeto paralelo e desde então venho espalhando a organização por aí através de muito conteúdo no blog e redes sociais, elaboração e comercialização de ebooks e realização de consultoria online em organização pessoal e produtividade. Tenho também a parceria 3D Ordem com duas amigas e colegas profissionais de organização para auxiliar na capacitação de outros profissionais da área olhando para a profissão além da dimensão técnica, envolvendo também as dimensões negócio e pessoas. Tenho uma outra parceria para elaboração de episódios do Podcast Projeto Papo na Rede com ideias e inspiração relacionados a Organização e Bem-estar.
Desde 2016 sou associada ANPOP pois acredito que estamos construindo uma nova profissão e que nesse contexto a participação dos profissionais é essencial. Me candidatei a voluntária no comitê de ética pois acredito que a ética é a base para uma boa conduta profissional e que juntos podemos educar o mercado a valorizar a nossa profissão e educar os profissionais a se valorizarem a partir da aplicação de princípios e valores em grupo. A revolução começa dentro da gente e juntos podemos fazer muito, inclusive um mundo melhor através da organização. Vamos juntos?”

 

 

“Sou Adriana Sabino, sou maranhense e atualmente moro em São Bernardo do Campo-SP. Sou casada. Formada em Administração de Empresas, mais de 14 anos atuando na área administrativa, financeira e compras, em empresas de médio e grande porte.
Vi na profissão de Personal Organizer uma realização pessoal, ao poder transformar a vida das pessoas através da organização.
Quero ser uma profissional cada vez melhor, poder aprender ainda mais, ensinar , e transformar a vida das pessoas através da organização, de uma forma simples e prática.
Sou associada à ANPOP desde 2016, pois, acredito que através dela, podemos ganhar mais força e assim tornar nossa profissão reconhecida em nosso país.
Me candidatei a ser voluntária no Comitê de Éica , pois acredito que toda profissão tem seus princípios e valores, e a nossa não deve ser diferente, quero colaborar para que tudo isso se torne possível, e que a nossa profissão seja reconhecida como realmente merece ser.”

 

Agora que você já conhece o comitê, vamos falar um pouco sobre ética?

Segundo o filósofo Mário Sérgio Cortella as três perguntas essenciais para cuidar da vida coletiva são:

  • Quero?
  • Devo?
  • Posso?

A ética portanto envolve as respostas dos indivíduos com base em seus princípios e valores. Isso significa que a ética é uma construção coletiva, que está em constante mudança e pois deve acompanhar o desenvolvimento da sociedade.

Quando falamos da ética no contexto da nossa associação estamos falando sobre definir e salvaguardar os princípios e valores que devem nortear a nossa conduta enquanto profissionais de organização e produtividade.

O comitê de ética irá ajudar a definir e cuidar para que a conduta dos profissionais associados esteja de acordo com os valores e princípios estabelecidos pela associação.

Foi iniciada uma nova fase do comitê em que estāo buscando construir democraticamente e disseminar esse conjunto de valores éticos. Elas estāo planejando muitas novidades, e para conseguirmos realizar um bom trabalho precisamos da sua participação. Convidamos você a nos ajudar preenchendo um questionário que será enviado, em breve para todos os associados por e-mail onde buscamos entender sua relação com o código de ética existente hoje e termos um panorama geral de como anda a conduta dos associados em relação ao código existente.

Esse é o primeiro passo, o diagnóstico da situação. A partir daí vamos começar a disseminar conceitos e dicas de conduta e então passaremos a refletir em conjunto e rever os princípios e valores que juntos entendemos que devam fazer parte da nossa associação.

Contamos com a sua colaboração! Juntos somos mais fortes!

E-mail: etica@anpop.com.br

 

 

 

Organização e tempo, a receita do sucesso.

Produtividade 1

A vida moderna está cada dia mais corrida. Desta forma, a organização passou a ter um papel fundamental na rotina das pessoas que executam muitas tarefas ao longo do dia.

Acabamos não percebendo, mas a falta de organização e planejamento interfere diretamente na qualidade do nosso serviço e em nossa produtividade, interferindo também nos resultados. Adiamos ações, acumulamos tarefas, não conseguimos dar conta de tudo, e ao final do dia sempre acabamos deixando coisas por fazer.

Pensando nisso, elencamos aqui algumas dicas bem práticas para você caprichar na organização pessoal, controlar melhor suas tarefas, cumprir prazos e melhorar a qualidade do seu trabalho.

Disponha de uma agenda

Adotando o uso de agenda, você poderá ter o controle das suas tarefas sempre à mão. Anote as atividades nas datas previstas, assim você poderá controlar melhor e até prever ou evitar imprevistos que porventura possam vir a ocorrer. A tecnologia também poderá lhe ajudar nessa hora através das agendas virtuais. A maioria dos smartphones já conta com aplicativos para esta função.

Tenha um calendário

Mesmo já possuindo uma agenda e não largando do celular, é importante ter um calendário sempre à mesa ou num painel, com os compromissos sempre visíveis. Já pensou se o celular estiver descarregado e você não receber a notificação daquela visita que tinha agendado?

Defina prioridades

É sempre importante classificar as demandas mais importantes ou urgentes como prioridades, para serem solucionadas o mais rápido possível. Depois, aquelas que podem ser resolvidas no dia seguinte, e por fim aquelas ocasionais que você poderá ir executando no decorrer da semana.

Dessa maneira você poderá se planejar melhor, eliminar primeiro as tarefas mais urgentes e importantes e reduzir as demais.

Identifique obstáculos

Procure detectar o que te desorganiza para poder traçar um plano que combata esses fatores. Se você, que levanta às nove horas por exemplo, não está conseguindo dar conta de tudo em um único dia, comece a acordar mais cedo.

Tenha a mesa organizada

Saiba que uma mesa desorganizada pode afetar a sua produtividade. Imagine o tempo que irá perder para encontrar aquele papel com os dados que você está precisando naquele momento para o seu projeto?

Faça uma coisa de cada vez

O ideal não é fazer várias coisas ao mesmo tempo, mas se você tem o perfil daqueles que conseguem executar diferentes tarefas ao mesmo tempo, tenha foco, faça tudo com qualidade.

Viu como um pouquinho de organização pessoal vai fazer a diferença na sua vida?  Que tal colocar em prática? Fazendo o seu melhor, você irá trabalhar com mais foco, terá mais ideias, ganhará em qualidade e verá os resultados aparecerem na sua vida pessoal e profissional.

Produtividade 2

 

 

Dia do Profissional de Organizaçāo

17862504_1533024526721130_2218897424021768714_n.jpg

No dia 03 de outubro comemoramos o Dia do Profissional de Organizaçāo. A data existe desde 2015 quando foi lançada pela ANPOP ( Associaçāo Nacional de Profissionais de Organizaçāo e Produtividade). Veja o post e vídeo da época do lançamento:

Captura de Tela 2017-10-02 às 15.13.40.png

 

 

Você sabe porque comemoramos nesse dia? A data é também o Dia da Abelha, ela é símbolo da organizaçāo e do trabalho em equipe. Veja os posts comemorativos:

2015

Captura de Tela 2017-10-02 às 15.14.03.png

 

2016

Captura de Tela 2017-10-02 às 15.12.31.png

Captura de Tela 2017-10-02 às 15.12.43.png

 

2017

fd2d1938-ae26-4ef3-8c9e-56419a18f3e8.jpg

Nós desejamos a todos os profissionais de organizaçāo: Parabéns pelo seu dia!

 

Existe a profissāo personal organizer?

hammer-620011_1920

Atualmente a profissão ou atividade de Profissional de Organização e Produtividade não é regulamentada e nem reconhecida. Saiba qual a diferença entre regulamentação e reconhecimento. 

 

REGULAMENTAÇÃO DE PROFISSÃO:

O Poder Legislativo já regulamentou várias profissões, apesar de o governo ter o entendimento de que, em muitos casos, o próprio mercado estabelece essas normas. Já o Ministério do Trabalho considera que não há necessidade de regulamentações, mas as categorias pedem a regulamentação pois ficam asseguradas. O presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) diz que ela é feita para estabelecer direitos específicos de uma categoria.

 

Quando falamos em regulamentação quer dizer que a profissão de personal organizer irá exigir um curso técnico ou superior para que possa ser exercida. Basicamente qualquer pessoa que, sem diploma, exerça uma atividade que possa ser definida como Profissional de Organização e Produtividade estaria cometendo o crime de exercício ilegal de profissão.  E a lei lhe obrigará a se associar a Conselhos Federais e Regionais (cuja filiação e tarifas ainda seriam definidas). A lei exige a obrigação de diploma e filiação a uma entidade fiscalizadora, o que criará novos encargos para o profissional.

 

 

RECONHECIMENTO DE PROFISSÃO:

Se a profissão for reconhecida pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) irá fazer parte da CBO (Classificação Brasileira de Ocupações), que funciona como guia que serve para formalizar os profissionais que, muitas vezes, já atuam no mercado como, quiropraxia, barista, doula, fonoaudiólogo, etc.
A CBO é uma espécie de dicionário das profissões no Brasil. Neste guia estão registradas 2.558 atividades. A entrada na CBO não interfere em questões trabalhistas como jornada de trabalho ou piso salarial. Ela reconhece no papel o que muitas pessoas fazem há anos, na prática. O pedido de inclusão no CBO tem que ser feito por uma entidade de classe, sindicato ou um órgão do governo. Quando é aceita, a profissão ganha um código pelo qual passa a ser identificada.
CONCLUSĀO:
Reconhecer é diferente de regulamentar! Com a inclusão na CBO, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) apenas reconhece a existência daquela profissão no mercado de trabalho. A partir daí, haverá um enquadramento correto da ocupação e políticas públicas poderão ser desenvolvidas para aquele segmento. Mas só com projeto de lei é que a profissão será regulamentada.

O que é a visita técnica e por que ela é importante?

Business Team Conversion Talking about work after they go to con

O trabalho de um profissional de organizaçāo é personalizado. Cada pessoa tem necessidades e objetivos diferentes. Para que o profissional consiga passar um orçamento, ele vai até a casa da pessoa, conversa com o futuro cliente, entende as necessidades, verifica os locais e os volumes a serem organizados. Depois disso, ele passa um orçamento personalizado e exclusivo.

Hoje no mercado há profissionais que cobram a visita técnica e outros que nāo, consulte. Também damos o nome de visita de avaliaçāo.